BIO

É impossível assistir a um filme de Rodrigo Mac Niven sem ser profundamente afetado. Os conteúdos provocativos e as realizações colaborativas são marcas dos projetos nos quais se envolve.

 

O diretor e roteirista se transformou em um dos mais contundentes realizadores de sua geração. Seus filmes, que tratam de questões globais a partir de realidades locais, transformaram a vida de muitas pessoas, viajaram o mundo por festivais de cinema, ganharam reconhecimento e continuam sendo exibidos na televisão e em eventos pelo Brasil, gerando muitas discussões e deixando um legado importante para o mundo. Todos os seus filmes podem ser vistos gratuitamente no Youtube.

Pelo reconhecimento de suas realizações cinematográficas, Rodrigo Mac Niven recebeu, em 2016, a Medalha Pedro Ernesto, principal homenagem que o Rio de Janeiro presta a quem mais se destaca na sociedade brasileira.

It is impossible to watch a Rodrigo Mac Niven film without being profoundly affected. The provocative content and collaborative achievements are trademarks of the projects in which he is involved.

 

The director and writer has become one of the most compelling filmmakers of his generation. His films, which deal with global issues from local realities have transformed the lives of many people, traveled the world for film festivals, won recognition and continue to be shown on television and at events in Brazil, generating much discussion and leaving a legacy indispensable to the world. All his long feature films can be watched in Youtube.

 

For the recognition of his cinematographic history, in 2016 Rodrigo Mac Niven received the Pedro Ernesto Medal, the main commendation that the city of Rio de Janeiro gives to those who stand out in Brazilian society.

 

 

 

Full Bio

 

The romance with filmmaking begins at the age of 7, acting in the series "Tail Skirt"  (TV Globo - 1984, directed by Walter Avancini) as Maninho, the son of the traveling salesman Quequé (Ney Latorraca) and Eleuzinha (Dinah Sfat) .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

After attend engineering in Aeronautics Technological Institute, Oceanography at UERJ and film in Brooks Institue of Photography (USA), forms in journalism at the University Gama Filho. Still in college, working on independent producers as underwater videographer, cinegrafisra, reporter and TV shows image editor, documentaries and commercials.

 

 

In 2004, he wrote and directed his first and only digital shortfilm: "The Party", which is selected for the 1st Belém Film Festival. In 2004 travels to cover the Athens Paralympics Games as video-reporter and editor. Returning to Brazil, writes and edits the documentary "Brazil in Athens Paralympic Games 2004", that is shown on SporTV channel.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

In 2005, Rodrigo produces and directs his first documentary, "Behind a last scene," the production of which becomes managing partner for the next ten years. As TVa2 Productions director, he performs several works as director and screenwriter, from commercial, films, music shows and TV shows.

 

In 2009 he produces and directs his second documentary, "Hey, you - Haiti before the earthquak" recorded in exactly 30 days before the Haiti earthquake that destroyed the capital Port au Prince. The film  is displayed prominently in the GNT and GNT Channel in HD GNT.Doc range.

 

In 2010, he releaseds his third documentary: "Smoke Screen", which is first shown at the 2010 Rio International Film Festival 2010. The pioneering film, seen as bold and audacious, is produced without any sponsorship via tax incentive laws. The collective production reaps the laurels in the most famous film festivals in the world, it is widely shared on social networks and appears in several events in Brazil followed by discussions with the director. Smokescreen is choosen among 11 other docs that can chande ones vision of the world, next to The Corporation and Food Inc.,  and influence the direction of drug policy movement in Brazil in an unprecedented way.​​​​​​​​​​

 

 

In 2012, Rodrigo Mac Niven directs and writes an international co-production with TVa2 Productions, Canal Futura and TV/e from London, the reality-doc series  "Life Apps" program, aired in Brazil, England, Aljazeera TV and other channels.

 

Also in 2012, he released his fourth documentary, "Armed", reinforcing its hard-hitting style of filmmaking. The movie is screened in festivals around the world and wins prizes.

 

In 2014, he releases his fifth film, the docudrama "The Trigger", which once again strikes the conformit of common sense about the discussions of public security in Brazil. The film premiere at the 2014 Rio International Film Festival, runs many festivals in the world, is shown in TV and is uploaded in Youtube for the world to see.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

In 2016, Rodrigo Mac Niven launches Olympia2016, a bold political thriller about corruption, politics and mega sporting events. Again, innovating in language and embodiment, the director surprises presenting a blunt film, consonant with the political situation of the country and the world, with particular emphasis on key issues to life in big cities.

That same year, in recognition of his film work that has contributed decisively in key discussions, he receives the Medal Pedro Ernesto, the main tribute given by Rio de Janeiro to who stands out most in the Brazilian and international society.

 

With a rich portfolio from series, movie scripts, Rodrigo Mac Niven promises new achievements also compelling and exciting for years to come.

(New Projects)

 

 

 

 

Bio completa

 

A relação com audiovisual tem início ainda aos 07 anos, na série “Rabo de Saia” da TV Globo (1984, direção de Walter Avancini) atuando no papel de Maninho, filho do caixeiro viajante Quequé (Ney Latorraca) e Eleuzinha  (Dinah Sfat).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                              watch video

 

Após cursar engenharia no Instituo Tecnológico da Aeronáutica, Oceanografia na UERJ e  cinema no Brooks Institue of Photography (EUA), se forma em jornalismo na Universidade Gama Filho. Ainda na faculdade, trabalha em produtoras independentes como cinegrafista subaquático, cinegrafisra, repórter e editor de imagens de programas de TV, documentários e comerciais.

 

Em 2004, escreve e dirige seu primeiro e único curta-digital de ficção: “A Festa”, que é selecionado para o 1o Festival de Cinema de Belém. Também em 2004 viaja para cobrir as Paraolimpíadas de Atenas como vídeo-repórter e editor. No retorno ao Brasil, roteriza e edita o documentário “O Brasil nos Jogos Paraolímpicos de Atenas 2004”, exibido no canal SporTV.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

              

                     

 

Em 2005, Rodrigo produz e dirige seu primeiro documentário: “Por trás de uma última Cena”, pela produtora da qual se torna sócio-diretor pelos próximos dez anos.  Na TVa2 Produções realiza diversos trabalhos como diretor e roteirista, desde comerciais, filmes corporativos, shows e programas de TV.

 

Em 2009 produz e dirige o seu segundo documentário: “Ei, you – O Haiti antes do terremoto”, gravado no Haiti exatos 30 dias antes do terremoto que destruiu a capital Porto Príncipe. O filme é exibido com destaque no Canal GNT e GNT HD na faixa GNT.Doc

 

Em 2010, ele lança seu terceiro documentário: “Cortina de Fumaça”, que é exibido pela primeira vez no Festival Internacional de Cinema do Rio 2010. O filme, pioneiro e tido como atrevido e audacioso, é  realizado sem qualquer patrocínio via leis de incentivo fiscal. A produção coletiva colhe os louros pelos festivais de cinema mais badalados do mundo, é amplamente compartilhado nas redes sociais e é exibido em diversos eventos pelo Brasil seguidos de debates com o diretor. Cortina de Fumaça é escolhido entre 11 docs capazes de mudar nossa visão de mundo, ao lado de outros fimes como The Corporation e Food Inc, e influencia os rumos do movimento pela reforma da política de drogas no Brasil.

 

Em 2012, Rodrigo Mac Niven dirige e escreve uma coprodução internacional entre a TVa2 Produções, o Canal Futura e a TV/e de Londres, no programa reality “Life Apps”, exibido no Brasil, Inglaterra, na TV Aljazeera e outros canais.

 

Também em 2012, ele lança seu quarto documentário: “Armados”, reforçando seu estilo contundente de fazer filmes. O filme roda festivais pelo mundo e ganha prêmios.

 

Em 2014, ele realiza seu quinto filme, o docudrama “O Estopim”, que mais uma vez acerta em cheio no estômago do conformismo do senso comum e influencia as discussões sobre segurança pública no Brasil. O filme estreia no Festival de Cinema do Rio 2014, roda festivais no mundo, é exibido no Canal Brasil e logo ganha o mundo no Youtube.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 2016, Rodrigo Mac Niven lança Olympia 2016, um thriller político ousado sobre corrupção, política e mega eventos esportivos. Mais uma vez, inovando na linguagem e na forma de realização, o diretor surpreende apresentando um filme contundente, consonante com o momento político do país e do mundo, dando especial destaque às questões fundamentais à vida em sociedade nas grandes cidades.

Neste mesmo ano, em reconhecimento ao conjunto de sua obra cinematográfica que vem contribuindo de maneira decisiva em discussões importantíssimas, ele recebe a Medalha Pedro Ernesto, a principal homenagem que o Rio de Janeiro presta a quem mais se destaca na sociedade brasileira ou internacional.

 

Com um rico portfólio, desde séries, roteiros de filmes até promos gravadas, Rodrigo Mac Niven promete novas realizações igualmente contundentes e instigantes para os próximos anos.

(Novos Projetos)